Archive for the Pensando… Category

Posted in Pensando... on fevereiro 25, 2010 by Tamie


Olha, e não é que eu abandonei isso aqui ??
Abandonar… Acho que é uma palavra muito forte, não foi isso, na verdade, eu apenas dei um tempo disso aqui.

Aproveito pra dizer, segunda-feira termina a escravidão !! ( bom…. quase)
Vou pedir as contas, falar “beijo-tchau” e tirar essa água parada da minha cabeça ! Acredito que tenho dengue, que foi proliferada dentro do meu cérebro, mas depois eu conto melhor essa teoria.

Tenho muitas novidades, porém, nenhuma vale a pena escrever aqui.
Coisas simples do cotidiano.

Atendi uma lojista hoje e quase morri !!
Perguntei pra ela qual era o nome do titular, e ela, prontamente me respondeu :
O nome dela é… Ana —- ——…. (depois de uma breve pausa, ela exclamou)
PICAVEA ?!?!?!??!?!  (não vou colocar o nome inteiro, pra preservar a identidade da pobre moça)
Noooooossa, imagine agora, a minha situação….
Foi por muito pouco, masss por muito pouco mesmo, que não morri tentando me segurar pra não rir, eu fiquei roxa ! Mas manti a postura….
Tenso !

Voltei a escrever no meu livro das sombras !! Que péssima bruxa sou eu, que abandona os estudos por quase 6 meses !!! Agora estou na ativa novamente, relaxada, com um pensamento diferente, madura…. Que bom hein !!


Meu namorado, super simpático, insiste em falar pra todo mundo que eu faço macumba !! Acho muita grosseria da parte dele…   =/
Mas já conversamos, espero que tenha sido a ultima vez….

Sábado vaiser  um dia muito cool !!!
Terei aqui na minha casa um monte de amigos queridos !!!
Kelly, Isis, Thais, Rafa e meu amorrr master Cesar !!! Existe coisa mais xuxuzinha que um gay ?!?!?!
E com direito a marshmallow, cerveja e pipoca !!!

Razões científicas para você temer zumbis

Posted in Pensando... on maio 11, 2009 by Tamie

Acreditem ou não, agora a ciência prova que não é impossível de acontecer. Veja porque. O que eles são? Parasitas que transformam suas vítimas em loucos e escravos zumbis são comuns na natureza. Há um protozoário chamado Toxoplasma gondii que parece dedicar toda sua existência à destruição. Este parasita infecta mamíferos (ratos, por exemplo) e aves, mas só pode se reproduzir dentro do intestino de gatos (hospedeiro definitivo). Ele sabe desta necessidade e por isso “controla” o cérebro de seu hospedeiro e, intencionalmente, obriga-o a ficar dando bandeira por aí, se tornando uma presa fácil. Como isto pode criar zumbis? Fato: metade da população global possui toxoplasmose e não sabe! Quem sabe você não é um deles. Há também estudos mostrando que o infectado percebe uma mudança em sua personalidade e tem uma grande chance de se tornar um doente mental. Chances de causar um apocalipse, ratos e humanos não são muito diferentes, é por isso que testamos nossas drogas neles primeiro. Basta uma nova versão da toxoplasmose evoluída o bastante para atuar nos seres humanos da mesma maneira como faz com os ratos. Imagine então metade da população perdendo o instinto de auto preservação de repente. (Será que não está aí a raiz de problemas como aquecimento global?)

O que eles são? Existem alguns tipos de venenos que diminuem as funções do corpo ao ponto de deixar um indivíduo considerado como morto, mesmo para um médico. O veneno do baiacu pode fazer isto. A vítima pode ser curada sob o efeito de drogas como a feita com a substância retirada da Datura stramonium, ou Figueira-do-inferno aqui no Brasil (nomezinho bom este, hein?), que o deixa em um transe sem se lembrar de nada, mas ainda capaz de executar tarefas básicas para sobrevivencia como comer e dormir. Como isto pode criar zumbis? Já aconteceu uma vez no Haiti. Há livros sobre o fato e os mais famosos são Passage of Darkness e The Serpent and the Rainbow de Wade Davis. O último livro citado é inclusive o livro que inspirou o filme “A Maldição dos Mortos Vivos”. O fato provado é a história de Clairvius Narcisse, um haitiano que foi declarado morto por dois médicos e enterrado em 1962. 18 anos mais tarde foi encontrado vagando em torno de sua vila. Na época as pessoas acreditavam que o responsável era o “padre voodoo” da região e que estaria usando elementos naturais para criar escravos zumbis e colocá-los para trabalhar em plantações de cana de açucar. Chances de causar um apocalipse Há esta única ocorrência de uma pessoa intoxicada, mas mesmo que um gênio do mal consiga distribuir intencionalmente estas toxinas à população ele teria um exército de retardados mentais, já que não existe uma maneira de criar zumbis agressivos ou canibais desta forma. Ainda. =) O que eles são? Em filmes são vírus altamente destrutivos que transformam seres humanos em máquinas de matar. Na vida real nós temos uma série de distúrbios mentais que fazem a mesma coisa. É claro que estes distúrbios nunca foram contagiosos, até conhecermos o Mal da Vaca Louca, que ataca o sistema nervoso das vacas. E quando os humanos comem a carne? Como isto pode criar zumbis? Quando um humano contrai a doença, esta é chamada de doença de Creutzfeldt-Jakob. Veja os sintomas: * Dificuldades para caminhar; * Alucinações; * Falta de coordenação motora; * Atrofia muscular; * Desenvolvimento rápido de demência. Apesar de não haver necissidade das pessoas entrarem em pânico, isto prova que a infecção generalizada pelo “vírus da raiva” é algo que pode acontecer caso exista uma espécie de vírus mais forte. O que eles são? Sabe toda aquela conversa sobre células tronco? Basicamente elas podem se tornar qualquer outra célula do organismo, podendo ser utlizada inclusive para a regenaração de células mortas. Focando em nosso assunto, neurogenesis é o método pelo qual podemos regenerar “partes” mortas do cérebro. Como isto pode criar zumbis? A ciência pode salvá-lo de várias coisas, mas não de uma morte cerebral. Pode-se trocar seus órgãos pelos de outras pessoas, mas se seu cérebro parar…você já era. Certo? Não por muito tempo. Cientistas já são capazes de regenerar partes do cérebro de um paciente com traumatismo craniano fazendo com que o indivíduo consiga se levantar e caminhar novamente. E mais, recentemente os cientistas conseguiram trazer um cadaver para um estado de animação e, sucessivamente, trazê-lo de volta ao mundo dos vivos (teste realizado com cães). Que tipo de mente imunda realiza testes como estes? O laboratório 2000%20 é especializado no estudo da reanimação. Neste link eles explicam que o processo de reanimar pessoas cria um sério problema: não existe maneira de se reanimar o córtex cerebral (parte do cérebro mais externa responsável por determinar quem você realmente é, ou seja, é onde estão suas memórias, sua personalidade e tudo mais). Por outro lado, você não precisa de um córtex cerebral para permanecer vivo. Como todos devem saber o cerebelo é a parte do cérebro responsável pelo equilíbrio, coordenação motora, blá blá blá. E adivinhem só? Esta é a única parte do cérebro humano que poderia ser regenerada! Ou seja … o ser humano reanimado seria um alface ambulante sem personalidade, sem pensamentos e se movendo puramente por impulsos. Chances de causar um apocalipse Vamos pensar. Sob qualquer sistema judiciário no mundo todos os direitos e responsabilidades de um indivíduo acabam com a sua morte. Basta uma pessoa com recursos e a necessidade de escravos desmiolados e obedientes para trabalharem em suas lavouras. Quanto tempo será até que alguém tente algo assim? (Traduzido do cracked.com) Quem teve saco de ler todo este artigo deve estar pensando que eu comi cocô no final de semana, né? Oras, são dados científicos misturados com uma intensa paranóia de que podemos todos nos tornar alimento de mortos vivos.

50tão !

Posted in Pensando... on abril 29, 2009 by Tamie

Odeio aquelas barraquinhas na rua que vendem salgados por “apenas R$0,50”.
Primeiro que logo de cara você olha o vendedor e vê:

-Um avental branco estremamente encardido.
-Um boné mais encardido ainda.
-As mãos nuas. (Sem luvas, falta de higiene total)
-Suor escorrendo pela testa.

Ai você dá uma espiadinha no carrinho.

-Um monte de coxinhas e esfihas amontuadas em uma prateleira com uma portinha que corre de vidro.
-O vidro que está levemente suado, dá pra perceber que faz séculos que os salgados estavam ali e que depois de todo esse tempo eles já estão muchos e molhadinhos (há).
-Escrito no carrinho : “Os melhores salgados da região”
-Pra finalizar, um cachorro sarnento cheirando a roda do carrinho só esperando o proximo, gentil e amigavel comprador lhe dar um pedaço desse maravilhoso salgado.

Você pode até conseguir comer uma ou duas coxinhas, mas espera o estomago tentar digerir isso.